Sobre lágrimas

As minhas lágrimas

não sei se me lavam

ou se me afogam.

 

Não sei se me matam

ou se me salvam.

 

Como são quentes

poderiam queimar meus olhos

e quando descem pela garganta

descem arranhando.

 

Porque esas lágrimas não passam

sem serem percebidas.

 

Não vão sem serem lembradas

Elas apenas são

meu escape ou a minha perdição.

14/03/2018

Publicado por JulianaRuiz

Olá, meu nome é Juliana e amo escrever. Ficarei feliz com sua visita em meu blog! Abraço, Juliana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: