Um passo

Ontem eu estava observando meu filho de 5 anos aprendendo a ler. Ler é uma conquista grandiosa. Lembrei da época em que ele aprendeu a andar. Engatinhou um pouco. Ficou muito tempo em pé paradinho, com uma das mãozinhas apoiada em alguma cadeira.

E quando ele se soltou, saiu andando, daquele jeito encantador e desajeitado. 

Sabemos tantas coisas como adultos que esquecemos o quanto aprender essas mesmas coisas foi demorado e difícil. Pense na persistência que as crianças tem, como elas não desistem depois de cair 500 vezes ao tentar andar, e como seria estranho se elas pensassem assim: “Não quero aprender a andar…acho que isso não é para mim. Acho que não tenho capacidade para isso.”

Acredito que a gente cresce e perde essa persistência porque acabamos ficando com medo do que os outros vão achar sobre tudo isso: “Nossa! Você ainda não sabe fazer isso direto?” Ou “Quanto tempo você está tentando fazer esse negócio dar certo? Será que não é hora de deixar isso para lá?”

Existe uma passagem na Bíblia que diz que precisamos ter um coração de criança para entrarmos no Reino dos Céus. Pensando nessas coisas acho que para conquistarmos os nossos sonhos aqui na Terra também é necessário ser um pouco como criança.

Criança aprendendo não se preocupa com o que os outros estão achando. Ela vai caindo e levantando. Até que um dia dá certo.

Ela não fica pensando em sua idade, se está muito velha para aquilo ou se seu tempo já passou.

Que nós possamos nos lembrar disso todas as vezes que pensarmos em desistir de algo que a gente ama/quer muito!

Algo que faz o seu coração bater acelerado. Algo que você às vezes nem começa a fazer ou aprender com medo do resultado e das consequências.

Preferimos ficar parados e confortáveis somente carregando dentro da nossa cabeça muitos futuros possíveis atrelados a tantos Se(s)

Se ao menos eu tivesse tempo ou coragem. Se ao menos eu tivesse capacidade. Se ao menos eu tivesse como.

Trago aqui uma verdade que provavelmente você já conhece. Ficar parado não vai te levar a lugar algum. Somente quando  as coisas começam a acontecer.

E como tudo nessa vida, você precisa dar o primeiro passo.

E depois outro.

 

 

 

 

 

 

 

Publicado por JulianaRuiz

Olá, meu nome é Juliana e amo escrever. Já aprendi que escrever para mim não é uma escolha, mas sim aquilo que me define e me faz feliz... então estou aqui! Ficarei feliz com sua visita em meu blog! Abraço, Juliana

2 comentários em “Um passo

  1. A persistência tão clara nas crianças se torna um “ monstro” para os adultos. O imediatismo nos tirou o doce olhar do aprendizado, o empenho do cair e levantar, a teimosia na busca do novo. Que sejamos mais crianças …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: